Termopares Convencionais

Termopares podem ser definidos como sensores de medição de temperatura. Eles...

Termopares Convencionais

Sale
New
$99.00

Termopar tipo T ( (+) / (-) Cobre/Cobre-Níquel - 180 a 370 ºC), sua principal característica é a excelente resistência à corrosão , sendo utilizado em temperaturas negativas.

Termopar tipo J ((+) / (-)Ferro/Constantan 0 a 800 ºC), recomendado para utilização no vácuo e em atmosferas oxidantes. Não recomenda-se a utilização deste Termopar em locais que contenham enxofre.

Termopar tipo E ((+) / (-)Níquel-Cromo/Cobre-Níquel-200 a 870 ºC), este Termopar é utilizado nas atmosferas oxidantes e inertes em ambientes redutores ou vácuo perdem suas características termoelétricas.

Termopar tipo K ((+) / (-) Cromel / Alumel 0 a 1200 ºC), este Termopar é o mais utilizado na indústria em geral, pois tem uma excelente resistência à oxidação em alta temperatura e à corrosão em baixas temperaturas.

Termopar tipo N ((+) / (-)Níquel-Cromo-Silício Níquel-Silício 0 a 1260 ºC), Excelente resistência a oxidação até 1200ºC, curva f.e.m. xTemp., similar ao tipo K, porém possui menor potência termoelétrica, apresenta maior estabilidade e menor drift tempo.

Termopar tipo S ((+) / (-) Platina-10% Ródio/Platina 0 a 1500ºC)
Este é o mais conhecido e usado entre os Termopares nobres, possui uma precisão altíssima e uma ampla faixa de utilização, alta repetibilidade de leitura, baixa potência termoelétrica, com todas essas características este Termopar é utilizado em laboratórios de calibração como um Termopar padrão. A composição da sua liga, é de 90% platina e 10% ródio, na sua faixa de trabalho é recomendado para trabalhar em locais oxidantes sempre com tubos de proteção cerâmica.

Termopar tipo R ((+) / (-)Platina-13% Ródio/Platina 0 a 1500ºC)
Possui as mesmas características de uso e recomendações do Termopar tipo S, porém sua composição é um pouco diferente contendo 87% platina e 13% ródio, este Termopar também é utilizado em laboratórios como padrão.

Termopar tipo B ((+) / (-)Platina-30% Ródio/Platina-6% Ródio 870 a 1800ºC)
Também possui características de uso idênticos aos do tipo S e R, recomenda-se o tubo de proteção como os S e R em locais onde contenham vapores de metais, possui uma resistência mecânica dos fios maior que os S e R e geram um sinal termoelétrico muito baixo. Sua utilização é recomendada para temperaturas altas, e a composição de sua liga é de 70% platina e 30% ródio.

Termopar Convencional
com Fio e Isolador
Termopar Convencional
com Fio, Isolador e Bloco
Termopar Convencional
com Fio, Isolador e Cabeçote
Termopar Convencional
com Pote e Cabo
Termopar Convencional
com Pote , Cabo e Pad de Fixação
Termopar Convencional
com Punho e Cabo
Termopar Convencional
com Conector
Termopar Convencional
com Rosca Dupla e Rabicho
de Ligação
Termopar Convencional
com Cabeçote
Termopar Convencional
com Cabeçote e Rosca
Termopar Convencional
com Cabeçote, Rosca e Pescoço
Termopar Convencional
com Cabeçote e Rosca Móvel
Termopar Convencional
com Cabeçote e Anel de Ajuste
Termopar Convencional
com Cabeçote e Niple União
Termopar Convencional
com Cabeçote e Conexão Tlicamp
Termopar Convencional
com Cabeçote e Tubo Cerâmico
Termopar Convencional
com Cabeçote, Tubo Cerâmico
e Anel Ajuste
Termopar Convencional
com Cabeçote, Tubo Cerâmico
e Rosca com Pescoço
Termopar Convencional
com Cabeçote, Tubo Cerâmico
e Rosca
Termopar Convencional
com Cabeçote, Rosca e Poço Reto
Termopar Convencional
com Cabeçote, Niple União
e Poço Reto
Termopar Convencional
com Cabeçote, Rosca
e Poço Cônico
Termopar Convencional
com Cabeçote, Niple União
e Poço Cônico
Termopar Convencional
com Cabeçote, Montagem Angular
com Tubo de ½¨Schedule em Aço
Inox 304/310s , Aço Cromo 446
e Inconel 600
Termopar Convencional com
Cabeçote, Montagem Angular com
Tubo em Ferro Perlítico, Carbeto
de Sílicio e Nitreto de Sílicio
   

Destaques